sexta-feira, 9 de abril de 2010

Abraços Partidos

Há 14 anos, o cineasta Mateo Blanco sofreu um tragico acidente de carro , no qual perdeu simultaneamente a sua visão e sua grande paixão, Lena. Sofrendo aparentemente de perda de memória, abandonou sua posição de cineasta e preservou apenas o seu lado escritor, cujo seu pseudonimo é Harry Caine. Um dia Diego, filho de sua antiga e fiel diretora de produção, sofre um acidente, e Harry vai a seu socorro. Quando o jovem indaga Harry sobre seus dias de cineasta, o amargurado homem revela se lembrar de detalhes marcantes de sua vida e do acidente. Este é o novo filme do cultuado diretor espanhol Pedro Almodóvar.

video

3 comentários:

  1. Com todo o estilo Almodovar, colorido, exagerado, dramático, quase novelesco. Trágico e divertido. O extra com a cena da senhora que acha uma maleta de cocaína no apartamento dela é muito engraçado. Não é dos seus melhores trabalhos mas é um ótimo filme. Tem ainda uma referência ao Mulheres ao borde de um ataque de nervos no gazpacho com tranquilizantes.

    ResponderExcluir
  2. Este filme é extraordinário... realmente. Samuel e Gabi me indicaram o seu blog, já estou seguindo vc! Parabéns pelo blog, é um estímulo à cultura!

    ResponderExcluir
  3. Amei este filme. Adoro Almodovar: a maneira como ele consegue pegar cores contrastantes e fazê-las harmoniosas, como ele consegue transformar aquilo que é trágico em cômico e poético.

    ResponderExcluir